INTELIGÊNCIA EMOCIONAL

"Só se pode alcançar um grande êxito quando nos mantemos fiéis a nós mesmos."

Friedrich Nietzsche

Esta ferramenta foi desenvolvida inicialmente por especialistas americanos que a partir de pressupostos da inteligência emocional que por meio do QE (Quociente Emocional) se percebe e compreende os sentidos fundamentais das pessoas, o que reflete positivamente no desempenho e performance nas realizações das atividades profissionais e pessoais com isto é possível mapear as competências emocionais de uma pessoa, o que permite a comparação com as competências desejadas do cargo que a respectiva pessoa ocupa.

A Inteligência Emocional é a capacidade de sentir, entender e aplicar eficazmente o poder e a perspicácia das emoções como uma fonte de energia, informação e influencia humana. As emoções são o domínio dos sentimentos, das reações viscerais e das sensações emocionais. Quando confiamos nelas e a respeitamos, a inteligência emocional permite uma compreensão mais profunda e completa de nós mesmos e do que nos cercam.

Hoje ao efetivar uma contratação de uma pessoa, as empresas já não levam apenas em consideração o domínio técnico do profissional, mas também observam a bagagem das competências comportamentais - que se tornaram fator relevante para o alcance de uma performance positiva. Conviver bem com as adversidades, saber lidar com situações de conflitos, ser assertivo, comunicar-se bem com os pares e até mesmo bom-humor são diferenciais que podem determinar se um colaborador atende ou não às expectativas de uma organização. Por isto está ferramenta se torna fundamental para uma análise mais precisa sobre as características relacionadas a Inteligência Emocional